Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

Fórum, RPG de Magia e Bruxaria de Hogwarts
 
FAQPortalMembrosInícioBuscarGruposRegistrar-seConectar-se
Novatos, dirijam-se primeiro ao chapéu seletor. Clique Aqui para fazer seu teste!

Desculpe o transtorno, estamos passando por reformas. Agradecemos sua compreensão.
Atenção!! Estamos com diversas vagas disponíveis, não deixe de mandar sua ficha.

Compartilhe | 
 

 Arquibancadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem

Ex-Administradores
Ex-Administradores
Nome do Usuário:
Cheryl Casey

Mensagens : 95
Idade : 31
Varinha : Nogueira
Vassoura : Nimbus 2000
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: Concluído
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Arquibancadas   8/7/2014, 14:43


Arquibancadas

Torres enormes com as cores de cada uma das quatro casas acolhem seus respectivos alunos durante os jogos de quadribol. Professores, coordenadores, o diretor e o juiz têm lugares reservados nas arquibancadas e estão sempre prontos para impedir que um balaço desgovernado atinja alguém na torcida.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Sonserina
Sonserina
Nome do Usuário:
Stephan Martin Dibord

Cargo : Aluno :3
Família : Martin
Mensagens : 120
Idade : 20
Varinha : Acácia
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
4 / 104 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 1° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   9/10/2014, 00:40






Arquibancada...



Um dia sem nuvens em Hogwarts, o sol estava irradiando sua energia para todo o castelo, estava quase no dia que selecionariam novos jogadores de quadribol para defender a minha casa, Sonserina, apesar de ser um esporte um pouco violento e perigoso, eu me achava astuto o suficiente para me arriscar a treinar e tentar entrar no time, assim que cheguei ao campo, vesti as proteções necessárias, peguei um taco, tinha esperanças de conseguir me tornar um bom batedor, subiu um pouco nervoso em minha vassoura, uma Nimbus 2001, era uma vassoura campeã, mas estava vibrando um pouco com a minha insegurança, larguei de ser mole a abri um sorriso sarcástico, segurei firme em minha vassoura e pensei: “vamos nessa!” minha vassoura parou de vibrar e começou a querer subir antes mesmo que eu desse o impulso, finalmente dei o impulso saindo do chão, comecei voando por volta do campo em zig e zag para aquecer, antes mesmo de me julgar pronto, um balanço veio em minha direção, meio desengonçado e por puro reflexo o rebati atirando longe, sorri começando a me empolgar e olhar para os lados procurando ver quem estava na plateia, vários sonserinos se encontravam lá, mas se destacando na multidão estava a minha princesinha loira, a diva que era meu motivo de acordar e de sorrir, estava meio distraído quando o balanços decidiu ter um segundo round, o mesmo veio em uma velocidade grande em minha direção, sem pensar duas vezes o rebati para outro canto, mas me desequilibrei por não estar prestando atenção, cai da minha vassoura, mas felizmente eu estava a menos de um metro do chão, o sol irritava meus olhos, aquela grama fofinha mês espetava, fui me levantando devagar, firmei meus pés na grama, estava um pouco dolorido da queda, mas não queria desistir, mais tinha que dar um tampinho, andei devagar por intuição para baixo da arquibancada, o local era um quadrado, um pouco estreito, mas era até que confortável, caberia até duas pessoas, quando sou surpreendido pela Lyrinha que chegava entrando em baixo da arquibancada também...                      

(off: Estou embaixo da arquibancada, post esta bloqueado, como citado no post, apenas a Lyra esta comigo, não cabe mais ninguém ali.)  


Thank's Demetria for@ MDD



Stephan
Namorando |Sexy| Sonserino
Thanks for @Demetria, MDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Convidado
Nome do Usuário:
Convidado


MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   12/10/2014, 00:13

I'm just an ordinary girl


O dia estava totalmente entediante. Depois das aulas, eu não tinha nada para fazer. Claro que eu já tinha estudado as matérias do dia, já tinha lido vários capítulos do livro que eu estava lendo no momento e não havia sobrado nada para fazer. Minha irmã andava com as amigas da casa dela e eu não tinha muitas amigas para procurar nos momentos de tédio. Por um instante, me peguei pensando em Steph e no que ele estaria fazendo. Não aguentei mais ficar plantada na comunal e saí sem rumo pelos corredores do castelo, talvez poderia ir na biblioteca pegar outro livro só para me distrair ou tomar um sol pelos terrenos. No fim das contas, resolvi sair pelos terrenos do castelo e pegar um pouco de vitamina D, aproveitando que meu vestido deixava um pouco do corpo a mostra, talvez eu pegasse até um bronzeado se encontrasse um bom lugar para ficar. Resolvi ir até as arquibancadas e me deitar ali um pouco, já que não ia ninguém lá, a não ser quando tinha jogo de quadribol. Qual não foi minha surpresa ao chegar lá e encontrar o Stephan em cima de uma vassoura no meio do campo, aparentemente, treinando. Instantâneamente, meu rosto enrubesceu e eu não sabia o que fazer. Sei que é uma infantilidade da minha parte, mas não consegui, simplesmente, corri para debaixo da arquibancada como se estivesse me escondendo, o que fez eu me sentir ridícula. Acho que ele deve ter me visto porque, assim que eu pensei estar escondida, o garoto caiu da vassoura, o que fez eu soltar um gritinho de susto. Será que ele tinha se machucado? Não, graças a Merlim, ele estava de pé e vinha em minha direção. Ajeitei o vestido e o cabelo insessantemente, nem parecia que já tínhamos uma certa intimidade. Sim, eu sou muito insegura. Sorri sem jeito quando ele se aproximou e lhe dei um beijo no rosto, meio sem jeito. - Você está bem? A queda pareceu alta... - O olhei preocupada.


Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo

Sonserina
Sonserina
Nome do Usuário:
Stephan Martin Dibord

Cargo : Aluno :3
Família : Martin
Mensagens : 120
Idade : 20
Varinha : Acácia
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
4 / 104 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 1° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   13/10/2014, 10:59







De baixo da arquibancada!


Eu havia acabado de cair da vassoura em uma distração de poucos segundos olhando para a Lyrinha, mas estava me sentindo ótimo, minhas costas estavam um pouco dolorida, claro, não tinha como eu sair totalmente ileso, mas ignorei a minha pequena ferida, fiquei olhando para garota com um vestido um pouco mais curdo do que normalmente usa, este deixava seu corpo aparecer melhor, o que era um colírio para os meus olhos castanhos, seus cabelos e vestido pareciam que foram recém-arrumados, ela estava muito linda como sempre com aquele vestido de cor... E seus lindos cabelos cor de ouro.
Um sorriso sem jeito apareceu nos lábios da garota, deixando ela ainda mais meiga, aquele sorrisinho era capaz de amolecer o coração de qual quer um, assim que eu estava pertinho dela, recebi um suave e doce beijo no rosto, simplesmente dei outro beijo no rosto da garota respirando seu maravilhoso perfume, que me deixava com um sorriso no rosto, como ela tinha tanto poder sobre mim? Só de dar um beijinho no meu rosto as minhas costas que antes me incomodavam um pouco agora não me incomoda mais, ouvi suas perguntas ainda sorrindo, levei minhas mãos até o rosto da garota o acariciando suavemente já respondendo: -Não foi nada, só fiquei meio distraído ao ver você, ai um balanços veio em minha direção, eu o rebati, mas não consegui me manter em cima da vassoura, e agora que estou perto de você nem estou sentindo mais nada! Fiquei a olhando com carinho, me aproximei mais dela a abraçando carinhosamente, aproveitei que estava pertinho dela e sussurrei algumas palavras próximas ao seu ouvido: -Desculpa se te deixei preocupada, sabia que não consegui parar de pensar em nós desde aquele dia lá na biblioteca... Já estava ficando com saudade, muita saudade... Não consegui me conter e depositei um beijinho suave em seu pescoço, afastei um pouco meu rosto do pescoço dela para poder olhar em seus olhos, um sorriso tomava conta do meu rosto enquanto eu olhava dentro daqueles lindos olhos azuis...


(off: Estou embaixo da arquibancada, post esta bloqueado, como citado no post, apenas a Lyra esta comigo, não cabe mais ninguém ali.)


Thank's Demetria for@ MDD




Stephan
Namorando |Sexy| Sonserino
Thanks for @Demetria, MDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Convidado
Nome do Usuário:
Convidado


MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   16/10/2014, 11:45

I'm just an ordinary girl


Meu coração parecia que ia saltar pela boca e eu sentia meu rosto ficando cada vez mais vermelho. Um arrepio percorreu meu corpo ao sentir o beijo no pescoço e eu soltei uma risadinha meio sem graça com a situação. - Que bom que não se machucou... Eu fiquei preocupada... - Encostei na viga de sustentação da arquibancada, enrolando uma pequena mecha do cabelo com a mão. - Não sabia que jogava quadribol... Vai tentar entrar no time? - Perguntei, curiosa. - Apesar de ter caído, você rebateu muito bem aquele balaço, vai ser batedor? - Óbvio que ele ia tentar se batedor, que pergunta idiota! Por qual outro motivo ele estaria rebatendo balaços? Continuei mexendo no cabelo de forma mais insistente, para esconder o nervosismo.


Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo

Sonserina
Sonserina
Nome do Usuário:
Stephan Martin Dibord

Cargo : Aluno :3
Família : Martin
Mensagens : 120
Idade : 20
Varinha : Acácia
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
4 / 104 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 1° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   24/10/2014, 16:29








Arquibancada!



Apesar de ela me conhecer muito bem, ela ainda ficara um pouco tímido na minha presença, seu rostinho corado que ficava cada vez mais vermelho era extremamente fofo, o que a deixava ainda mais atraente ao meu olhar, assim que a beijei, ela simplesmente deu uma risadinha sem graça, ouvir a doce voz dela era tão agradável, que um sorriso sincero e meigo apareceu no meu rosto me deixando ainda mais apaixonado pela garota: - Desculpa... Não queria te assustar, eu só fiquei curioso quando vi você correndo para baixo da arquibancada! Enquanto eu a respondia, ela recuava encostando-se à viga de sustentação da arquibancada, e com a mesma voz doce surgiu uma nova pergunta: - Eu comecei a jogar após quando nós separamos, mas eu sempre me machucava um pouco caindo no chão por estar pensando em você, ainda não sei, mas vou tentar... Meu rosto de imediato ficou corado e com o tempo a pigmentação do meu rosto foi diminuindo, meus olhos percorriam o corpo dela com desejo, sacudi a cabeça ao mesmo tempo em que ela falava tentando focar apenas em suas palavras para me concentrar, o que era bem difícil, sem pensar agradeci pelo elogio acenando com a cabeça positivamente: -Obrigado, loirinha... Um novo sorriso invadiu o meu rosto, desta vez, um sorriso mais malicioso, um pouco mais corajoso, a menina não parava de mexer em seus cabelos, me aproximei devagarzinho encostando meu corpo no dela, com a minha mão segurei as delas, abri um sorriso meigo: - Calma, sou só eu... Assim que acabei de dizer tais palavras não consegui resistir, a força da atração que ela exercia sobre mim era irresistível, não era suportável, meus lábios se aproximaram dos dela e logo os tacaram suavemente em um selinho, meu rosto tornou-se a ficar corado, meus olhos castanhos se abriram brilhando ao olhando em seus olhos: - Assim é melhor? Isso te acalma? Fiquei a olhando carinhoso com um sorriso cheio de carinho misturado a malicia.



Thank's Demetria for@ MDD




Stephan
Namorando |Sexy| Sonserino
Thanks for @Demetria, MDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Convidado
Nome do Usuário:
Convidado


MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   26/10/2014, 11:38

I'm just an ordinary girl


Assim que eu senti os lábios dele nos meus, foi como se uma descarga elétrica percorresse meu corpo. Meu coração batia tão forte que parecia que ia sair pela boca e eu não consegui resistir, me entregando àquele beijo como se fosse o único beijo da minha vida. Minhas mãos deslizavam pelo pescoço dele, enquanto nossos corpos ficavam cada vez mais colados. - Muito... - Sussurrei em meio ao beijo, parando só um segundo para responder. Não sei quanto tempo passou ali embaixo daquela arquibancada. Não sei se alguém havia nos visto. Na verdade, nada disso importava. Só sei que, quando nos separamos, meu rosto estava quente e minha respiração estava difícil de se controlar. Um sorriso bobo surgiu em meus lábios, enquanto eu tentava controlar o rubor do meu rosto e a timidez que me assolou após me entregar ao beijo daquela forma. - Desculpa, acho que exagerei um pouco... - Sussurrei, olhando ao redor para ver se estávamos realmente sozinhos ali. O olhar dele em mim só me deixava mais nervosa e eu sabia que ele queria mais, mas não naquele momento. Comecei a andar pelo labirinto que se fazia embaixo das arquibancadas, dando risadinhas ao vê-lo me seguir com um olhar confuso. - Espero que consiga entrar no time... Mesmo sendo sonserino, vou torcer por você. - Ri, encostando as costas em uma viga, em um lugar ainda mais escondido do que estávamos antes.


Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo

Sonserina
Sonserina
Nome do Usuário:
Stephan Martin Dibord

Cargo : Aluno :3
Família : Martin
Mensagens : 120
Idade : 20
Varinha : Acácia
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
4 / 104 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 1° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   27/10/2014, 13:49








Memoria!


Logo após a garota me dar um beijo de tirar o folego de qual quer um, meio ofegante soltei um suspiro segundo-a com os olhos, agora ela estava mais encondida, comecei a andar ao seu encontro, algo veio por tras de mim, e senti um grande back na minha cabeça, com esse back as luzes foram se apagando, minhas pernas foram perdendo a força, meu corpo ficou cada vez mais pesado, meu corpo não reagiu mais, por mais força que eu fizesse para ficar de pé não consegui mais ver nem fazer nada, comcluo que meu corpo ficou estirado na poeira, e o mais estranho, que não consiguia me lembrar de nada, nem mesmo meu nome, estava dentro de um sonho profundo, tão profundo quanto a minha alma, tudo que eu conseguia fazer era ficar interagindo com o sonho, pessoas a minha volta me olhando e rindo de mim e dizendo o quanto eu era patetico, um arrepio passou pelo meu corpo, não conseguia saber o que era, o sonho, não o pesadelo começa-ra a acabar comigo e me deixar cada vez mais deprimido, tudo que conseguia pensar era em sair correndo, mas eu não me mechia, então fiquei parado, frio como uma rocha encarando os insultos com os braços cruzados sem me importar com nem uma palavra que os garotos diziam...

{off: Não me pergunte nada, não sei quem sou, nem quem amo, não sinto mais nada, perdi minha memoria.}


Thank's Demetria for@ MDD




Stephan
Namorando |Sexy| Sonserino
Thanks for @Demetria, MDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Servidores do Ministério da Magia
Servidores do Ministério da Magia
Nome do Usuário:
Hunter Von Rift Looken

Cargo : Nenhum
Família : Von der Rift , Alborne Looken
Mensagens : 54
Idade : 25
Varinha : Azevinho
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: Concluído
Casa: Sonserina
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   27/10/2014, 14:05

Chego ali todo boladaum, vejo o Stephan caído e a Lyra se achando superior por causa dos portugueis. Mostro o dedo do meio pra ela e arrasto o Stephan boladaum pra enfermaria, ele ver a Savannah seria bom. Saio dali boladaum com o parça sonserino q


HUNTER VON DER RIFT LOOKEN
®
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Convidado
Nome do Usuário:
Convidado


MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   27/10/2014, 14:30

Saio dali assim mesmo porque não vou perder meu tempo escrevendo um post para quem nem entende o que eu falo e, sim, isso serviu para os dois :lendo:
Voltar ao Topo Ir em baixo

Sonserina
Sonserina
Nome do Usuário:
Stephan Martin Dibord

Cargo : Aluno :3
Família : Martin
Mensagens : 120
Idade : 20
Varinha : Acácia
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
4 / 104 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 1° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   27/10/2014, 18:36

Off: Eu entendo o que você fala, simplesmente não acredito :lendo:



Stephan
Namorando |Sexy| Sonserino
Thanks for @Demetria, MDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Grifinória
Grifinória
Nome do Usuário:
Illy Szymanski Gryffindor

Cargo : Amansadora de Crianças u.u
Família : O'Halloran ft. Szymanski
Mensagens : 70
Idade : 18
Patrono : Sabe que eu não sei
Habilidade : Animagia / Reg.
Varinha : Aveleira
Vassoura : Nimbus 2000
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 5° Ano
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   1/12/2014, 00:25


Arquibancadas
It's Not Always Rainbows and Butterflies; It's Compromise That Move Us Along


As férias estavam praticamente acabando, ou não, nunca fora apegada a esse tipo de detalhe mesmo, não fora para casa, pois literalmente de último minuto, decidira não voltar para casa, estava prestes a adentrar no trem que nos levaria para a Plataforma Nove ¾ quando desistira da viajem de volta. Sabia bem que sua mãe, Aileen, até por que a mesma trabalhara no Ministério da Magia, praticamente nunca tinha tempo para a Família, não por não tentar, mas por não ter tempo mesmo, sua função requer muita atenção.
Após passar parte da manhã no dormitório e em sua Comunal, sentira que acordara com certo espírito lufano, sendo assim, estava de ótimo humor, ocasião perfeita para conhecer melhor o castelo, todavia, seu plano fora mudado quando recebera uma coruja de um amigo, ou alguém que já fora mais que isso, convidando-a para conversar, esclarecer algumas coisas. Sabendo que a conversa poderia ser um tanto quanto desafiadora, tratou-se de se apressar, não por ansiedade ou coisa semelhante, mas, sim para exposição de alguns sentimentos um tanto recíprocos provavelmente de ambas as partes. Mas essa possível discussão de relacionamento não atrapalharia sua energia estranhamente positiva, de forma alguma. Correra de volta para o dormitório e pela janela olhara o tempo lá fora, que por sinal estava lindo, o sol brilhava quase a oeste, as brisas chacoalhavam as folhas das árvores em perfeita harmonia, tudo lindo. Colocara uma roupa simples, escolhendo cores que realçavam seus grandes e verdes, seus cabelos longos estavam soltos com cachos dourados perfeitos descendo sob seus ombros, e uma maquiagem extremamente natural. Dera uma única olhada no espelho que havia no dormitório, parando diante do espelho, soltara um suspiro pesarosamente. – Calma Írys. Não irá acontecer nada demais, é apenas uma conversa. – Murmurara para si encarando o espelho.
Descera rapidamente a Grande Escadaria enquanto cantarolava baixinho o refrão da música de uma banda trouxa - That it's too late to apologize, it's too late. I said it's too late to apologize… It's too late – Até mesmo as escadas estavam a meu favor hoje, nenhuma delas me fizera alterar o caminho. Chegara no Hall de Entrada e se deparara com Nick-Quase-Sem-Cabeça cumprimentando-a com aquele estranho movimento de retirar parte de sua cabeça. – Boa tarde, Senhor Nicholas. – Desejara saltitante sorrindo para o fantasma de sua casa.

[...]

Uma vez nas Arquibancadas, andara para lá e para cá um pouco nervosa com a situação. Para acalmar-se, apoiou-se com o antebraço em uma das arestas de costa para o Campo de Quadribol e fitou o horizonte sorrindo. Observando o Castelo ao longe, pensou no quão longe ele parecia, todavia, também se lembrando dos atalhos que usara para chegar ao local desejado, ladrando uma risada baixa para si mesmo. – Poxa, Írys... Como pode pensar nessas coisinhas tão insignificantes? – Questionou, rolando os olhos zombeteira, focando novamente sua atenção para o Sol no horizonte, focando no mesmo. – When i look into your eyes, it’s like watching the night sky, or a beautiful Sunrise, there’s so much they hold... – Cantarolou novamente baixinho pensando em certo par de olhos azuis que pertenciam à um respectivo e único Sonserino que havia lhe prendido o interesse. Abaixara o olhar, um tanto cabisbaixa, sentira escorrer uma lágrima que insistira em rolar sob sua face. - “Nada, nada irá me deixar para baixo, não hoje, não com esse dia lindo aqui fora”. – Pensou confiante enquanto esbanjava um sorriso radiante, enquanto esperava a chegada de August.

OFF: Post atemporal entre Illirys e August, qualquer interrupção de users alheios será devidamente ignorado.


® Credits to Lux


Illirys Stephannie O'Halloran Szymanski Gryffindor
A vida é um morango!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Grifinória
Grifinória
Nome do Usuário:
Damon Braulio C. Herakles

Cargo : Estudante.
Família : Herakles
Mensagens : 48
Idade : 17
Habilidade : Nenhuma
Varinha : Salgueiro
Vassoura : Firebolt
Localização : Nos seus sonhos.
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 5° Ano
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   3/12/2014, 11:57




Um pedido ??

Um novo futuro, o mesmo caos.

Damon sentia-se impressionado com o poder influenciador que aquele par de olhos verdes impunham a si, o julgar que estava presente naquele brilho era intenso, e o “tiro” fora acertado: - Não quero brigar. – Disse num tom suave, postando-se ao lado da garota, apoiando-se na “grade” de proteção. O garoto não sabia o que falar, não sabia o que fazer, sinceramente, só sabia que tinha que se desculpar de alguma forma, que tinha que acabar com aquela tensão causada pelo mesmo: - E sim, o dia está lindo. – Concordou, analisando a imensidão azul posta sobre ambos, mantendo o olhar fixo no mesmo, analisando as nuvens em meio ao dizer: - Você até que mudou. – Comentou em meio a um sorriso.

 
Confusão! Talvez essa fosse a única descrição possível da mente do garoto desde o ocorrido na Comunal, nem ele mesmo entendera o que ocorrera, o que acontecera para este fim e desenvolver trágico, somente sabia que isto estava a acontecer, e queria resolver: - Não sei muito bem o do porquê disso, mas... – Vacilou em meio a frase, tentando procurar as palavras certas: - Mas quero me resolver logo contigo, isto está a me matar. – Comentou, fixando o olhar na garota, erguendo sua mão lentamente até o cabelo da mesma, deslizando-os num enrolar, da mesma forma que sempre fizera: - Gosto de lufanos, eles divertem a Hogwarts. – Diz sorrindo, juntamente ao afastar de sua mão.
 

O grifino tentara mostrar sua sinceridade em meio a todas as palavras, não dizendo, talvez, meras palavras já formadas na mente da garota. O semicerrar dos olhos da garota o provocavam. Aqueles olhos verdes, hipnotizantes, Merlin. Pegou sua varinha, girando-a lentamente: - Não faça isso, “Bubble!”, estas a piorar a situação. – Comentou juntamente ao arquear de uma das sobrancelhas, focando seu olhar nas bolhas que flutuavam cada vez mais altas: - Sempre gostei disso. – Disse num tom suave, logo após cutucando a restante, estourando-a: - Não vim discutir contigo. – Afirmou, com a decisão do que fazer já em mente, aproximou-se lentamente, olhar fixo na garota: - Não mesmo, eu errei, sei disso, me arrependo. – Interrompeu, mordendo o próprio canto de boca, logo após impondo um acariciar no rosto da mesma: - Me desculpa... Não sei muito bem o que aconteceu, mas não quero isso. – Indagou juntamente ao selar dos lábios.  



Última edição por Damon Campbell D. McGyull em 6/12/2014, 18:11, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Grifinória
Grifinória
Nome do Usuário:
Illy Szymanski Gryffindor

Cargo : Amansadora de Crianças u.u
Família : O'Halloran ft. Szymanski
Mensagens : 70
Idade : 18
Patrono : Sabe que eu não sei
Habilidade : Animagia / Reg.
Varinha : Aveleira
Vassoura : Nimbus 2000
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 5° Ano
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   3/12/2014, 16:16


Arquibancadas
It's Not Always Rainbows and Butterflies; It's Compromise That Move Us Along


Continuara a cantarolar baixinho a música alto o suficiente para apenas pessoas próximas demais ouvi-la, acabara de terminar a segunda estrofe da canção , por um breve momento chegara a pensar que Damon havia desistido de encontrá-la, ou, até mesmo conseguira algo melhor para fazer; todavia, a primeira hipótese parecia mais aceitável, pois poderia até concluir que seria uma forma de dar o troco, devido a todas as vezes que inventara qualquer desculpa imaginável apenas para não encontrá-lo e vice-versa, até porque no final das contas, ambos sabiam que encontrar-se era um sinônimo de uma discussão básica por motivos idiotas e desnecessários.
Prestara a devida atenção em todos os sons presentes ao seu redor, pássaros cantando melodias de acordo com sua espécie, a água do Lago Negro (que não estara tão distante do local) batendo levemente nas Margens,  a brisa de verão balançando suavemente os galhos das árvores produzindo, todos eram sons extremamente agradáveis... E passos; seriam passos de Damon? Ou, outra pessoa notara sua presença e por livre e espontânea vontade decidira conversar?
Olhara discretamente por cima de seu ombro esquerdo à procura do local de onde os passos viera, contudo, surpreendera-se com uma voz masculina agradecendo indiretamente sua presença.  Virou-se lentamente apoiou o dorso nas arestas de madeira. - Te digo o mesmo. - Diz sibilante enquanto olhava o céu azul - Lindo dia para uma uma discussão básica, Não?  - Indagara em um tom um tanto quanto zombeteira.
Há tempos atrás,  senso de humor não condizia com sua personalidade fria e reservada de ser. Entretanto, certo dia acordara renovada, uma nova Illirys surgira e mudara radicalmente sua forma de agir e de falar. Estava até cogitando a ideia de que um grupo de Lufanos haviam-na sequestrado e feito uma lavagem cerebral.
Sorrira gentilmente e rira discretamente de seu próprio comentário,  tendo certeza de que o garoto sabia o que de fato ela quis dizer.Voltou o olhar para o ruivo à sua frente, e pegou uma mecha de seu longo cabelo loiro. - Desculpe-me, é que hoje eu acordei com um Espírito Lufano. - Comentara ainda sorrindo - Mas, creio que nós dois não estamos aqui para brincar ou falar sobre o dia... - - Indagara dando de ombros - Manda ver, estou ouvindo... - Completa semicerrando seus olhos verdes, observando cada gesto do garoto Damon.

OFF: Post atemporal entre Illirys e Damon, qualquer interrupção de users alheios será devidamente ignorado.


® Credits to Lux


Illirys Stephannie O'Halloran Szymanski Gryffindor
A vida é um morango!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Grifinória
Grifinória
Nome do Usuário:
Damon Braulio C. Herakles

Cargo : Estudante.
Família : Herakles
Mensagens : 48
Idade : 17
Habilidade : Nenhuma
Varinha : Salgueiro
Vassoura : Firebolt
Localização : Nos seus sonhos.
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 5° Ano
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   6/12/2014, 19:15




Um pedido ??

Um novo futuro, o mesmo caos.

Damon sentia-se impressionado com o poder influenciador que aquele par de olhos verdes impunham a si, o julgar que estava presente naquele brilho era intenso, e o “tiro” fora acertado: - Não quero brigar. – Disse num tom suave, postando-se ao lado da garota, apoiando-se na “grade” de proteção. O garoto não sabia o que falar, não sabia o que fazer, sinceramente, só sabia que tinha que se desculpar de alguma forma, que tinha que acabar com aquela tensão causada pelo mesmo: - E sim, o dia está lindo. – Concordou, analisando a imensidão azul posta sobre ambos, mantendo o olhar fixo no mesmo, analisando as nuvens em meio ao dizer: - Você até que mudou. – Comentou em meio a um sorriso.

 
Confusão! Talvez essa fosse a única descrição possível da mente do garoto desde o ocorrido na Comunal, nem ele mesmo entendera o que ocorrera, o que acontecera para este fim e desenvolver trágico, somente sabia que isto estava a acontecer, e queria resolver: - Não sei muito bem o do porquê disso, mas... – Vacilou em meio a frase, tentando procurar as palavras certas: - Mas quero me resolver logo contigo, isto está a me matar. – Comentou, fixando o olhar na garota, erguendo sua mão lentamente até o cabelo da mesma, deslizando-os num enrolar, da mesma forma que sempre fizera: - Gosto de lufanos, eles divertem a Hogwarts. – Diz sorrindo, juntamente ao afastar de sua mão.
 

O grifino tentara mostrar sua sinceridade em meio a todas as palavras, não dizendo, talvez, meras palavras já formadas na mente da garota. O semicerrar dos olhos da garota o provocavam. Aqueles olhos verdes, hipnotizantes, Merlin. Pegou sua varinha, girando-a lentamente: - Não faça isso, “Bubble!”, estas a piorar a situação. – Comentou juntamente ao arquear de uma das sobrancelhas, focando seu olhar nas bolhas que flutuavam cada vez mais altas: - Sempre gostei disso. – Disse num tom suave, logo após cutucando a restante, estourando-a: - Não vim discutir contigo. – Afirmou, com a decisão do que fazer já em mente, aproximou-se lentamente, olhar fixo na garota: - Não mesmo, eu errei, sei disso, me arrependo. – Interrompeu, mordendo o próprio canto de boca, logo após impondo um acariciar no rosto da mesma: - Me desculpa... Não sei muito bem o que aconteceu, mas não quero isso. – Indagou juntamente ao selar dos lábios.  

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário


Nome do Usuário:
Conteúdo patrocinado


MensagemAssunto: Re: Arquibancadas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Arquibancadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts :: 
Campo de Quadribol
-