Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts

Fórum, RPG de Magia e Bruxaria de Hogwarts
 
FAQPortalMembrosInícioBuscarGruposRegistrar-seConectar-se
Novatos, dirijam-se primeiro ao chapéu seletor. Clique Aqui para fazer seu teste!

Desculpe o transtorno, estamos passando por reformas. Agradecemos sua compreensão.
Atenção!! Estamos com diversas vagas disponíveis, não deixe de mandar sua ficha.

Compartilhe | 
 

 Jardim da Mansão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem

Ex-Administradores
Ex-Administradores
Nome do Usuário:
Melissa Fitzgerald

Cargo : Administradora
Família : Fitzgerald
Mensagens : 1
Idade : 28
Patrono : pomba
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Localização : Mundo da Lua...
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10

avatar

MensagemAssunto: Jardim da Mansão   23/3/2016, 15:45

Jardim

Descrição aqui..


Melissa Fitzgerald
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Vice- Diretor(a) da Babbitt a Coelha
Vice- Diretor(a) da Babbitt a Coelha
Nome do Usuário:
Aysha C. Ward Bianchinni

Família : Constantine / Lassiter
Mensagens : 33
Idade : 34
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Localização : vai vir me matar? sequestrar ? ou se divertir?
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: Concluído
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   8/4/2016, 20:56



Casamento Aysha e Kael

One step closer(...) Time has brought your heart to me
I have loved you for a thousand years  -----------♥
O local escolhido para o casamento foi o jardim da mansão Ward, Aysha queria algo simples mas mesmo assim algo elegante e bonito.

A decoração en tons azul turquesa e branco, misturava o antigo com o moderno, toda feita para parecer que estavam no campo.

O casal optou pela cerimonia também ser realizada ali, para isso estenderam ao invez do tradicional tapete vermelho, um tapete branco, arbustos com flores azuis faziam o caminho até o altar, que fora feito de um arco de madeira enfeitado com hortênsias. Na parte onde foi destinada a festa, as mesas seguiram os mesmos tons, com arranjos de rosas brancas fazendo a decoração, ainda existia uma mesa para os doces, a qual mudara um pouco as cores ja agregando rosas amarelas, a Mesa do bolo ficara em um canto mais afastado das demais, tendo um painel de folhas ao fundo. A parte da bebida ficara perto da pista de dança e ao outro lado dessa, tinha uma área mais moderna com pufs e sofás para os convidados descansarem ou apenas conversarem.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

St. Mungus
St. Mungus
Nome do Usuário:
Kael Vzh. Bianchinni

Cargo : Curandeiro do Saint Mungus
Família : Vizzhymer & Bianchinni
Mensagens : 6
Idade : 37
Habilidade : Nenhuma
Varinha : Carvalho
Localização : Itália
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 4° Ano
Casa: Corvinal
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   12/4/2016, 19:08

Era hoje! Minha ansiedade estava no limite há dias e todos na mansão certamente perceberam. Simplesmente não acreditava que o dia de meu casamento com Aysha finalmente tinha chegado. Era ótimo saber que de hoje em diante passaria todos os meus dias com aquela mulher maravilhosa no qual eu tive o imenso prazer de conhecer. Hoje eu já não estava tão preocupado assim com meus filhos, mesmo com tudo o que nós cinco passamos desde a morte de Diana – mãe biológica de Bradley, Bruno e Lara - , saber que eles me apoiavam a casar novamente e que até então estavam aceitando Aysha era o que me deixava ainda mais feliz, não sabia muito bem qual era o pensamento das filhas delas em relação a isso, foram poucas as chances que eu tive pra interagir com elas, de qualquer forma, isso não seria um problema, pelo menos não pra mim.

Após um longo e refrescante banho, vesti-me rapidamente. E então o episódio da gravata começara, eu era acostumado a usar gravatas slim, mas borboletas, ah, elas sempre me pegavam. Arqueei a sobrancelha ao ver Ethan sentado a minha cama e rindo com as minhas falhas tentativas. — Você ri porque não tem que usar... — Comentei em um tom bem-humorado com ele. — Alison já está pronta? — Indaguei ao meu filho, que me respondera dizendo que não sabia e que ia averiguar. Olhei de relance para o relógio em meu criado mudo, já estava começando a me atrasar. — Droga. — Resmunguei. Desistindo de tentar arrumar a gravata e andando pelos corredores para verificar se todos já estavam prontos, é claro que não estavam. — Se sono in ritardo, giuro che ti ammazzo ognuno di voi! — Rezinguei, voltando ao meu quarto novamente. Isso que dá morar em uma casa cheia de mulheres. — Maledetta cravatta. — Murmurei, tentando pela última vez fazer o nó. Um riso na soleira da porta chamou a minha atenção. — Qualcuno mi può aiutare qui?! — Exclamei do meu quarto mesmo, fazendo com que minha voz ecoasse pelos andares superior da mansão. Não era possível que numa casa cheia de mulheres não tivesse nem ao menos uma disponível para me ajudar.  Revirei os olhos com o comentário de Mell. — Aiutami? — Pedi suspirando derrotado, franzindo o cenho ao ouvi-la responder em outro idioma, entendendo o recado logo em seguida. — Não posso ficar nervoso, você sabe disso. — Objetei. A loira logo se aproximou e arrumou a gravata em questão de segundos. — Obrigado. Vamos, não quero me atrasar. — Disse saindo do quarto. — Hall de entrada, três minutos! — Anunciei em bom som enquanto descia as escadas. Assim que todos fizeram-se presentes no Hall, aparatamos dali.

[...]

Desaparatamos na entrada da Mansão, adentrando o recinto logo em seguida. Foi um longo trajeto até os Jardins, pessoas que eu nem ao menos conheciam me cumprimentavam e eu fazia o mesmo. Quando finalmente cheguei aos Jardins da mansão, surpreendi-me com toda a decoração. Aysha tinha se superado dessa vez. — Que lindo. — Comentei, olhando em volta. Meus olhos pararam no rosto de Mell que parecia um pouco chateada. — Qual o problema, Mell? — Questionei, aproximando-me dela e de Leah, que estava em seu colo. Assenti positivamente com sua resposta, infelizmente não havia nada que eu pudesse fazer. Uma voz conhecida chamara a minha atenção, girei meus tornozelos na direção em que a voz se propagara, deparando-me com Bradley. — Ah, finalmente. Achei que você viria com a gente. — Disse ao garoto com o cenho franzido.


Kaelum Vizzhymer Bianchinni
♣️ Muito bem casado ♣️ Curandeiro do Mungus ♣️ Pai do Mason, Lara, Bruno, Bradley e Ethan ♣️ Bianchinni Family ♣️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Intercambistas Durmstrang
Intercambistas Durmstrang
Nome do Usuário:
Dexter R. Bianchinni

Cargo : Intercambista
Família : Bianchinni
Mensagens : 4
Idade : 15
Habilidade : Nenhuma
Varinha : Salgueiro
Vassoura : Comet
Localização : Não é da sua conta.
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10

avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   13/4/2016, 15:57





Dexter não estava nenhum pouco em ir ao tal casa, mas era casamento de seu tio e como um bom sobrinho, ou não, ele deveria ir. Levantou da cama sem nenhuma pressa e caminhou par ao banheiro de seu quarto e tomou uma ducha demorada. Ele ainda sentia falta de seu pai e a relação com sua mãe não era dos melhores, nem com ela e nem com ninguém daquela casa. Ele mal saia do quarto só fazia isso para comer, quando ele não pedia par ao elfo levar a sua refeição para sue quarto. – Já estou quase pronto. – murmurou ao escutar as batidas no parto da quarto. Sabia muito bem que era a voz de sua mãe. Ele tinha sentido muita falta dela durante anos que foi criado pelo pai e não se conformava que ela não estava morta e sim viva e só o escondeu porque era filho de um comensal. Dexter não entendeu o porquê de tal atitude, afinal ele era filho dela e ainda se a revolta da morte de seu pai corria quente mente por dentro de suas veias.

Depois de arrumar a gravata, ele desceu até o Hall da mansão Bianchinni com as mãos dentro do bolso de sua calça e olhou a sua mãe. – Obrigado.. E a senhora esta bonita também. – comentou com um sorriso forçado no rosto e caminhou em direção a porta, onde os dois aparataram par ao local do casamento.

Ajeitou mais uma vez o palito quando desaparataram no jardim dos Ward e olhou em volta. O local estava bem decorado e muito bonito.  Avistou alguns de seus colegas e primos e respirou fundo. – Eu vou senta elá no fundo, esta bem?- falou encarando-a nos olhos e depois que ela assentiu, ele se afastou e foi se sentar do lado direto e no fundo. Tirou seu PSP do bolso do palito e começou a jogar GTA em silêncio sem incomodar ninguém e fingindo que não existia, já que era isso que aconteceu durante anos quando seu pai falava que sua mãe estava morta e depois descobri que na verdade ela o escondeu da família inteira.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Nome do Usuário:
Peter Bianchinni Ward

Cargo : Estudande
Família : Ward
Mensagens : 23
Idade : 14
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Mestiço
Ano Escolar: 4° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   13/4/2016, 19:00

Casamento. Eu, Atrasado? Novidade!
Peter estava um tanto quanto intrigado como o tempo passou rápido um casamento que deveria demorar semanas já seria amanhã... Não.... O garoto se levantou olhou o calendário suspirou dizendo olhando para o lado onde se encontrava a sua antiga boina sobre um dos armários do seu quarto: -Por que isso sempre acontece comigo...? Eu sempre consigo chegar atrasado e me esquecer de coisas importantes? O jovem levou a mão direita até seu queixo pensando do que mais estava esquecendo e logo se lembrou o que o deixou em pânico.

O garoto correu pelo quarto procurando algo para vestir alguma veste para festa “QUAL QUER COISA”, logo achou um terno... e o colocou sobre sua cama, correu para o banheiro tomando um banho longo, ficando bem cheiroso... (Afinal o que é o atraso de um banho para quem já estava quase atrasado?) Quando seu banho acabou se enrolou em uma toalha e foi escovar seus dentes e como é um ato higiênico chato o mesmo fez a ação de maneira rápida mesmo assim o hálito do mesmo estava com o sabor de menta, vestiu seu terno branco... mas não conseguiu achar uma gravata, mas colocou uma lenço em seu pescoço como se fosse Frances, isto poderia agradar a garota que o mesmo  havia convidado e pedido para um amigo que eles tinham em comum para busca-la, em Paris, a garota era loira, mimada e bonita e era essa a visão que o lufano tinha da maioria das garotas, mas após uma briga com a loira tomada pelo nome de Aurora ele acabou vendo algo no olhar dela que o intrigou e por isso foi atrás dela e a convidou para o casamento como uma oferta de paz...

Finalmente Peter estava pronto para ir até a festa a esta hora a garota já deveria ter chegado, e foi andando em direção ao casamento lentamente, os olhos dele procuravam Aurora entre a multidão, mas depois de tanto procurar e não encontrar o mesmo foi andando pela lateral e cruzando com vários tios, tias, primas, primos e outros parentes, mas nada da garota que o encantou com seu olhar, o mesmo ficou de pé com a mão esquerda segurando sua munheca em postura formal e com ambas as mãos “próxima ao seu cóccix” ele  estava próximo ao vaso de flores todo branco e azul já havia corrido os olhos por todos os lados agora só restava esperar que a garota chegasse...  



Peter Ward Smith





@Ramoro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Intercambistas Beauxbatons
Intercambistas Beauxbatons
Nome do Usuário:
Aurora P. L. Zampière

Mensagens : 4
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue:
Ano Escolar: 4° Ano
Casa: Noble
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   13/4/2016, 21:11



Casamento
Não sabia o porquê de ter aceitado o convite para ser o par do garoto lufano, mas algo nele me chamava atenção, não sabia o que era, mas algo nele me atraia. Depois de conseguir o aval da minha mãe para que eu fosse para a casa de quem ela nem conhecida foi concedido eu agora só precisava de um novo vestido, é claro. Óbvio que eu não iria para casa de gente nova e usaria um vestido dos que eu já tinha e outra roupa nunca é demais, quanto melhor. Tratei de acorda eram 12:30 quando acordei. Que foi? Isso é cedo para alguém como eu. Tomei um café e sai para compras no shopping, precisava de um belo vestido e uma bolsa para chegar ao casamento arrasando horrores.

Passei praticamente a tarde toda no local até encontrar o vestido e a bolsa que combinava exatamente com ele e alguns acessórios que não podiam faltar. O transito de volta estava um saco e isso vez com que eu me aborrecesse rápido. O meu chofer não poderia simplesmente passar por cima dos carros que estavam atrapalhando a nossa bela viagem de volta não? - Demorou hoje, Pierry . – falei irritada quando ele abriu a porta do carro. – Eu vou tomar banho, peça a Margoret que leve minhas sacolas e um pedaço de torta para minha suíte. – falo andando direto para dentro da mansão sem esperar a reposta dele, afinal eu não precisava esperar a resposta. Tomei uma ducha calmamente e sai do banheiro enrolada em meu roupão esperando que meu vestido já estivesse sobre a minha cama. – Sempre eficiente, né Margo? - falo com um sorriso nos lábios ao ver a governanta que cuidou de mim desde os meus primeiros passos com tudo pronto. – Também não sei o porquê de ter aceitado, mas sempre é bom sair. – respondo ao escutar a sua pergunta, enquanto ela me ajuda a me vestir. – Batom escuro ou um clarinho? - pergunto cruzando as pernas e mostrando os batons para ela. Ela não era uma simples governanta, era minha amiga. – Então tá. – me viro para o espelho e passo o batom mais claro, acabando de dar o último toque. – Sim, ele mesmo vai vim me buscar. Talvez eu durma na casa do garoto. Ele disse que tem quartos de hospede e mamãe não vai ligar, eu acho. – reviro os olhos ao escutar sobre meu pai. – E acha que me importo com o que ele acha? - falo tirando com o indicador uma manchinha no canto do lábio e me ergo. – Ele deve estar chegando, lhe vejo amanhã. – falo me despedindo e descendo as escadas, onde já se encontrava Gabrion me esperando. Sorrio para ele e juntos com seu elfo aparatamos num beco perto da casa de Peter.

Saímos do beco arrumando as vestes por causa da aparatação e caminhamos um do lado do outro para a entrada da mansão. – Eu acho que esse vestido não esta bom o suficiente. – comento com Gabrion que nega e diz que ele esta perfeito. – Assim espero. –Adentramos o local e fomos andando em direção as vozes e a decoração. O jardim estava esplendido e tinha muita gente e várias crianças também correndo, além de uma que estava no colo de uma mulher que parecia ser sua mãe. – Cadê ele? - falo com Gabrion que não soube responder. – Achei. – falo me distanciando de Gabrion e vou até Peter na ponta dos pés. Paro atrás dele e sussurro ao seu ouvido. – Demorei? - pergunto e sorrio quando ele se vira para mim. – Claro que demorei aqui tem muita gente quase nem consegui te achar. – brinco com o mesmo e depois olho em volta. – Cadê a noiva¿ - percorro o local com o olhar, mas nenhuma mulher com vestido de noiva se fazia presente. – Obrigada e você também esta muito bonito. – o elogio e assinto quando ele me chama para sentar e esperar a cerimonia.
Thanks Panda
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Crianças
Crianças
Nome do Usuário:
Leah Bianchinni Slezйyov

Cargo : Brincar
Família : Vizzhymer Bianchinni
Mensagens : 22
Idade : 5
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Localização : Londres
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10

avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   14/4/2016, 00:34

Casamento


Mamãe tinha deixado eu dormi na casa da dinda na noite anterior e foi muito legal. Brinquei bastante com a Alasca e o Liaro e depois dormimos assistindo filme. Acordei com Alasca me chamando e juntas tomamos café da manhã, almoçamos e depois ficamos brinquedo até a hora que minha mamãe chegou e resolveu me arrumar cedo que nem estava na hora ainda. – Mas mamãe ainda esta cedo. – relutava sentada no chão brincando de montar. – Agora não! – contestei e só escutei ela começar a contar, não seria nada legal se ela chegasse no três e eu já não tivesse no banheiro para ela me arrumar. Levanto irritada e corro pro banheiro, batendo a porta antes que ela chegasse e fazendo com que isso só piorasse a minha situação. – Advogada não. – falo com cara de choro enquanto ela tirava minha roupa e ligava o chuveiro me dando bronca. – Castigo não, desculpa. – mamãe tinha mudado bastante depois que havia começado a dar aula e se eu abusasse ficaria com o bumbum dolorido durante o casamento. Assenti de leve enquanto ela passava as regras e me perguntava se eu estava pronta. – Sim. Jogar as flores devagar de um lado para o outro e andar junto da Alasca. – falei enquanto ela me secava e me vestia com um vestidinho todo delicado. – Porque eu tenho que esperar você aqui? - falo cruzando os braços quando ela me coloca sentada na tampa da privada e manda eu esperar ela se arrumar. Quem disse que eu iria sair correndo para brincar sem me importa com a roupa? Ela não demorou no banho e logo estava arrumada, então segurei a sua mão e saio do banheiro junto com ela direto para o Jardim.

-Solta, mamãe!!! – falava puxando a minha mão que ela segurava com força. Eu queria correr e brincar pelo jardim enquanto a cerimônia não começava e porque eu não podia fazer isso¿  Olho para os lados e procuro Lucca que estava ao lado de uma das nossas irmãs mais velha. – Eu vou no Lucca. Largaaaaaaa! – começava minha birra tentando me solta, mas tudo foi em vão. Ela me pega no colo e me segurou forte nos braços sussurrando coisas no meu ouvido. Ao escutar o que ela falou eu só escondi o rosto em seu pescoço e fiquei quieta até dar a hora dela me colocar no chão para jogar as pétalas na frente da noiva.


Thanks @ Solaria Magnum CG
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Sonserina
Sonserina
Nome do Usuário:
Anthony Ward Martin

Cargo : Estudante ( É o que meus pais acham -q )
Família : Martin
Mensagens : 22
Idade : 15
Habilidade : Nenhuma
Varinha : Salgueiro
Vassoura : Nenhuma
Localização : Não é da sua conta
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 4° Ano
Casa: Sonserina
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   14/4/2016, 00:46




Casamento

Mesmo não gostando de multidão e de gente para lá e para cá era necessário a minha presença no casamento. Não era só mias uma tia que iria se casar era “A TIA” Aysha havia cuidado de mim como bebe e sempre esteve presente na minha educação junto com minha mãe. Entre todas as tias que tinha perto de mim, ela tinha um papel fundamental em minha vida.  Estava acabando de arrumar o meu terno quando escuto as três batidas um ritmo que era um código meu e de Katrina. – Entra e me ajuda aqui essa desgraça não fica certa. – era a quinta ou sétima vez que eu tentava ajeita a gravata e não ficava perfeita e já estava no ponto de jogar ela na puta que pariu. Um sorrio tomou conta de meus lábios ao ver o quanto ela estava bonita com aquele vestido verde e o penteado de seu cabelo. – Arrasou priminha. – falo enquanto ela se aproxima falando um monte de coisa ao mesmo tempo, mas já ajeitando minha gravata e deixando ela perfeita. – O que eu faria sem uma prima caridosa assim, não é mesmo? - ela estava realmente radiante e a vontade de agarra ali mesmo era muita, mas tive que me conter, pois se isso acontecesse e alguém aparecesse em meu quarto estaríamos em problemas, afinal ninguém da família ou sem ser dela sabia que eu e Katrina tínhamos alguma coisa. – Agradecimento nada, fez mais que seu trabalho. – falo me afastando e em troca recebo um tapa no braço. – Só não vou te devolver agora, mas se prepare mais tarde. – ela sabia exatamente o que se tratava o “mais tarde” e como eu devolveria o tapa. – Vamos logo, vamos nos atrasar. – abro a porta, espero Katrina sair e só depois disso e fecho a porta, indo para o local da cerimonia.

Descemos as escadas juntos conversando o que faríamos durante a festa de casamento. -  Acho que podemos jogar videogame no meu quarto. – comento com Katrina caminhando para o jardim e olhando a zoa. Respiro fundo e reviro os olhos ao ver tanta gente em um lugar só, crianças, adultos, jovens. – Só pela sua mãe que eu estou aqui. – falo meio irritado e reviro os olhos com o comentário de minha prima. – Tá bom. Quer sentar a onde? –vi Leiaro, Leha, Mason e Charlotte de longe e assenti ao mesmo tempo para Kat. – Vamos lá então.  – claro que eu não iria espera-la, então enfiei as minhas  mãos no bolso da calça e caminhei até uma cadeira e me sentei, esperando que começasse e acabasse logo essa chatice.


Anthony Ward Martin


Primogênito de Chad  & Amber Irmão gêmeo mais honrado de Laura

Irmão mais velho da Princesa Charlotte E do pirralho Liaro W. Martin

O mais frio da Família Ward & Martin
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Nome do Usuário:
Peter Bianchinni Ward

Cargo : Estudande
Família : Ward
Mensagens : 23
Idade : 14
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nimbus 2001
Localização : Hogwarts
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Mestiço
Ano Escolar: 4° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   14/4/2016, 01:08

Casamento. Eu, Atrasado? Novidade!
Peter se distraio por poucos instantes, mas isso foi o suficiente para que o mesmo começasse a pensar, isto era péssimo, pois quando o garoto começa a pensar ele não para até que algo interrompa o seu raciocínio, e quando se está procurando alguém isso é péssimo, mesmo o bruxo evitando seus pensamentos começou a viajar para um mundo separado dos dois mundos, sua respiração desacelerou e sua mente ficou cada vez mais lucido e irracional ao mesmo tempo como em um transe ele abaixou sua cabeça mas manteve a postura adequada na cerimônia como sempre muito cortes, olhou para os lados, mas estava longe de conseguir distinguir as pessoas que estavam a sua volta, sua guarda estava baixa.

Peter, perdido em pensamentos foi surpreendido com a aproximação de quem ele procurava, o sussurro da mulher o arrancou do mundinho dele causando arrepios e até mesmo o assustando brevemente e o mesmo pensou mantendo a pose: “Caramba... Odeio quando me fazem arrepiar tão facilmente, que vergonha” Mantendo a pose de bom moço, mesmo estando envergonhado, como se nada tivesse acontecido se virou abrindo um sorriso amigável mantendo os modos formais disse em um tom suave que poderia até ser interpretado como carinho com a garota: -Olá... Imagina, a senhorita não demorou nada... A Garota contradiz a frase do garoto o fazendo soltar uma risada baixa a bajulando indaga novamente em tom baixo respondeu: -Creio que ela ainda não chegou, mas logo a cerimonia irá começar! Peter com um sorriso sutil a olhou dos pés à cabeça e não conseguiu encontrar um detalhe fora do lugar e logo em tom galante: -Mesmo com a sua suposta demora.... Valeu a pena, está impecável, o vestido te deixou ainda mais divina do que do dia em que nos conhecemos.... Obrigado pelo elogio. Mas por favor não chegue de mansinho sussurrando no meu ouvido.... Me arrepio facilmente, mudando de assunto que tal nos sentarmos? Com o consentimento da moça ofereci meu braço a ela a guiando até o local escolhido, mais ou menos no meio das fileiras do lado direito, ao meu lado estava alguns tios e tias distantes, então a pessoa que ele “conhecia melhor” era a sua acompanhante Aurora, portanto sorrindo para a mesma indagando: -Espero que minha tia não demore muito, noivas sempre atrasam, mas mesmo assim, eu sou impaciente! O Lufano fez um bico meio torto um pouco engraçado e perdeu a compostura formal, mas logo se recuperou e com um sorriso angelical disse: -Perdão pela falta de compostura... E se manteve sentado olhando para os lados um pouco “elétrico”.  



Peter Ward Smith





@Ramoro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Adultos
Adultos
Nome do Usuário:
Anelise Constantine Ward

Família : Ward ♡
Mensagens : 90
Idade : 25
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Firebolt
Localização : Minha casa U.U
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: Concluído
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   21/4/2016, 13:17

CASAMENTO? CASAMENTO!


Vestia um vestido rosa florido, um salto branco e meu cabelo estava prendido de uma maneira que achei legal, depois de estar pronta e das meninas também estarem prontas descemos para os jardins. Observei tudo no local, estava lindo, Aysha havia feito uma ótima escolha, estava tudo nas cores branca e azul, girei algumas vezes observando cada canto e cada detalhe da festa. Logo depois Ana me puxou pedindo um docinho -Não, Anastacia agora não isso é para depois da cerimonia. -disse tirando suas mãozinhas rápidas da mesa de doces, aquilo era um perigo se a deixasse ali não sobraria doce para os convidados. -Porque vocês duas não vão brincar, procurar seus priminhos e conhecer melhor as crianças?! -Alasca parecia ter gostado da ideia mas Ana ainda olhava a mesa dos doces. -Meu bem depois você pode comer quanto doce quiser mas agora não. -então ela saiu com a irmã correndo pelos jardins. -Tomem cuidado e não façam bagunça! -gritei, logo depois elas já estavam fora de vista. Observei o local mais algumas vezes, haviam algumas pessoas por ali mas ninguém que eu conhecesse, não avistei nenhuma das minhas irmãs, nem Valentin e nem meus sobrinhos -Onde esse pessoal se meteu?! -murmurei comigo enquanto via um homem chegando ele parecia nervoso. -Mas será?! -murmurei imaginando se aquele seria meu futuro cunhado. É eu sei, é estranho eu não conhecer o cara que vai se casar com a minha irmã, mas oito anos é muita coisa. Depois de não avistar ninguém que conhecesse ou que me lembrasse caminhei até uma das fileiras da frente me sentando.



Anelise Helene Constantine Ward
Lise - Adulta - Família Ward- Mãe da Anastacia e da Alasca- Irmã Caçula do Valentine, Aysha, Amber, Safira e da Sarah - Cunhada do Chad e do Kael - Dean ❤️ @
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Lufa-Lufa
Lufa-Lufa
Nome do Usuário:
Katrina W. Lassiter

Família : Ward Lassiter
Mensagens : 6
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: 4° Ano
Casa: Lufa-Lufa
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   24/4/2016, 18:47

{ Casamento <3 }
- Não acredito que ainda não consiga arrumar essa gravata direito, Ant.– Resmungo baixinho assim que chego ao quarto de meu primo, eu utilizava o vestido verde que dias antes havia comprado para o evento e em meus cabelos utilizava algumas presilhas de cristal que haviam sido de minha mãe, lentamente caminho em direção do menino, levo minha mão em seu pescoço. - Você já deveria saber como ajeitar isso, afinal de contas já está grandinho não é coisa verde?– Sorrio enquanto terminava de ajeitar a gravata, sentia minhas bochechas corarem um pouco, era comum ficar daquele jeito quando estava perto do meu primo. – Obrigada! Você também não está nada mal. Mas esse cabelo...– Ri enquanto tirava as minhas mãos do pescoço do menino.– Então? Cadê meus agradecimentos? Ein.- Encarei, gostava de provocar meu primo. Ele porém disse nada o que me fez dar subitamente um tapa em seu braço o que deixou ele levemente furioso.- “Mas se prepare mais tarde”– Repito a última frase de meu primo, sabia muito bem eu do que o garoto estava falando e então por isso aguardaria que esse ‘mais tarde’ chegasse logo.– A culpa é sua! Minha mãe já deve estar uma fera.– Respiro fundo, minha mãe odiava atrasos e naquele momento era isso que Anthony e eu estávamos fazendo.

Após sair do quarto dele, começamos a caminhar em direção do local onde ocorria a cerimônia. Eu não gostava muito desse negócio de casamento mas a minha mãe havia insistido e como era o dia mais importante para ela eu resolvi que deveria obedecer. Enquanto descíamos as escadas, ouvia as propostas de Ant para mais tarde.- Videogames? Tem certeza que não tem algo melhor para fazer. Tipo a gente poderia jogar aquele joguinho da garrafa, qual o nome mesmo? Hmm.. Verdade ou Consequencia?– Pergunto ajeitando uma das fivelas que acabara de se soltar do meu cabelo.– Nossa! Achei que haveriam poucas pessoas por aqui. Mas veja só!– Comento vendo o tanto de pessoas que haviam por ali.- Hey, dá pra você melhorar um pouco a sua cara, por favorzinho coisinha verde.– Falo baixinho tentando fazer com que ele se animasse um pouco.– Vamos lá perto das crianças, mamãe iria gostar.– Puxo o pela mão disfarçadamente para que ninguém notasse o que estava acontecendo entre nós– Isso vai acabar eu prometo e mais tarde ainda vamos pro seu quarto, lembra?– Sorri sentando-se ao lado de Anthony e esperando que a cerimônia logo iniciasse.

(ross)


KATRINA YONNE ELIZABETH WARD LASSITER
| QUARTO ANO| HUFFLEPUFF <3| FILHA DA AYSHA|IRMÃZINHA CATH, KENNA, KYLIE, MASON <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Grifinória
Grifinória
Nome do Usuário:
Kenna Ward Lassiter

Família : Lassiter
Mensagens : 8
Idade : 16
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue:
Ano Escolar: 4° Ano
Casa:
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   26/4/2016, 00:32





Casamento


Depois de tomar café e passar um tempo com o Noah vou até o quarto de minha mãe e fico um tempinho com ela que já estava se preparando para seu dia, não sabia ainda decifrar a confusão de sentimentos que ela deixava transparecer mas até que se mostrou calma, então saio e vou para meu quarto decidir o que vestir e me arrumar.

Coloco três roupas diferente na cama e fico as observando por um tempo, nunca tivera usado nenhuma das peças ali na minha frente e estava em duvida qual delas seria melhor, opto por um prateado, era tomara que cai e um pouco decotado, então sigo para o banheiro e algum tempo depois saio.

Em frente ao espelho pego minha varinha e com um balançar deixo meu cabelo com um pouco de ondas, então junto uma parte e prendo no alto da cabeça meio frouxo, uso uma presilha que tinha sido presente de minha mãe para prender e deixo o restante solto, gostando do resultado passo a maquiagem, uso algo leve caprichando nos olhos com lápis e um batom clarinho. Então me visto e coloco um colar também de pérolas e um salto para finalizar.

Uma última olhada no espelho e saio, nem tempo de dar três paços eu tive e me deparo com a Tia Amber que me entrega a Charlie, pedindo para olhar a pequena enquanto ela arrumava o Liaro, sorrio e pego a pequena no colo no que minha tia sai correndo pela casa, rolo os olhos e beijo o rostinho da bebê - só tem maluco nessa casa, vem Charlie, vamos roubar alguns docinhos lá no jardim para nos duas?- Falo Para a pequena que bate palminhas e sorri então caminhamos em direção aos jardins.

Por todo caminho eu olhava em busca do Noah mas ainda não o via em lugar algum, cumprimentei algumas pessoas pelo caminho até a mesa de doces, mas sempre atenta em busca do Lufano.

Quando já estava perto da mesa, vejo Cath que olhava a decoração e recebia algns dos convidados -Olá estranha? Viu o Noah por ai?-  Pergunto a minha irmã que me olha rolando os olhos e brinca com a Charlotte, logo respondendo que não, dou um suspiro e pego um bombom o dando a pequena em meu colo co cuidado para não a melar ou minha tia ficaria irada, e não seria legal ver ela com raiva... - Hum.. vou ficar com você recebendo os convidados então- Falo logo acenado para uma mulher que sorri ao longe, e que nem me lembrava de conhecer - Olha, o Kael tá com uma cara que parece que vai ter um troço logo logo, acho que se a mãe atrasa ele desmaia - Mostro meu padrastro que acabara de chegar seguido por familiares, e sorriu para eles. - Lembro da noite em que a mamãe e ele se conheceram, ela chegou em casa tão sorridente como não via há anos- Falo dando de ombros e limpo a boca da Charlotte que estava um pouco suja de chocolate.


Kenna Ailanny Ward Lassiter

Filha da Aysha* irmã da Kylie, Katrina, Catherine e do Mason ( espero que nenhum mais)* peste em pessoa* Quartanista* Família Ward
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Adultos
Adultos
Nome do Usuário:
Anelise Constantine Ward

Família : Ward ♡
Mensagens : 90
Idade : 25
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Firebolt
Localização : Minha casa U.U
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10


Perfil Escolar
Sangue: Puro
Ano Escolar: Concluído
Casa: Grifinória
avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   26/4/2016, 16:08

CASAMENTO? CASAMENTO!


Cansada de esperar as pessoas aparecerem me levantei para procurar minhas meninas. Sai caminhando a procura delas falando sozinha. -Ai meu Merlin! Não devia ter as deixado brincando sozinhas por ai. Vão se sujar todas - estava tão distraída que nem percebi quando esbarrei em alguém. -Me perdoe - disse desesperada. -Oi meninas! -disse animada ao ver minhas sobrinhas ali. Katherine, Kenna e Charlie -Viram minhas meninas por ai?! -perguntei enquanto abraçava cada uma delas. -Estão lindas! -elogiei olhando para seus rostinhos, Charlie também estava uma graça. -Oi princesinha! -falei dando um beijo em suas bochechinhas. Adoráveis minhas sobrinhas, só de pensar que eu vira Kenna e Kath ainda tão pequenas e agora já haviam se tornado lindas mocinhas. Charlie eu teria a chance de ver crescer já que não tinha planos para ir embora novamente. Avistei Anastácia e Alasca de longe, elas estavam brincando sem nenhuma bagunça, sorri e voltei a atenção as minhas sobrinhas  -Então oque estão achando do casamento? Sua mãe tem um ótimo gosto não é? Está tudo tão lindo. -comentei enquanto estendia os braços para a pequena Charlotte. Kenna me entregou a pequena e então fiquei ali brincando com ela nos meus braços, de olho em minhas filhas esperando a cerimonia começar.



Anelise Helene Constantine Ward
Lise - Adulta - Família Ward- Mãe da Anastacia e da Alasca- Irmã Caçula do Valentine, Aysha, Amber, Safira e da Sarah - Cunhada do Chad e do Kael - Dean ❤️ @
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Crianças
Crianças
Nome do Usuário:
Charlotte Ward Martin

Mensagens : 9
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10

avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   30/4/2016, 18:44

A menina estava com os olhos bem aberto a todas as movimentações ali existe. Havia saboreado alguns bombonzinhos escundido graças a ajuda de Kenna e aquilo só aumentou a vontade da menina comer mais. Estava um pouco inquieta com suas mãos e o vestido já a incomodara um pouco, mas não chorava. Passado algum tempo uma mulher de cabelos negros, com algumas tatuaguem chegou perto da garotinha. Ela sorriu e levou suas mãozinhas ao toque da mulher. Os lábios da mulher tocaram sua bochecha, fazendo que com uma risada saisse da pequena.

- Lá la - falava algumas palavras sem sentido, seu foco, naturalmente não estava na conversa das pessoas a sua volta e sim em cada parte que descobria da decoração. Tudo estava maquinifico e o tom de azul prendia a atenção de Charlotte. Ainda tinha muita a coisa a se descobrir ali, tantas formas não conhecidas pela pequena...

Sua atenção foi novamente envolta aquele momento quando Anelise a pegou no colo. A pequena levou a mão no rosto da mulher, tocando-lhe o nariz. Apontou para o centro da mesa decorada e falou - Bobom - referindo aos docinhos que ali estavam. A criança já mostrava alguns sinais de inquietude, logo estaria procurando sua mãe. Seus olhinhos já se estreitavam e seus braçinhos se mantiam mais quietos... chegaria um momento que seria doces ou mamãe se não vou chorar .

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

Crianças
Crianças
Nome do Usuário:
Hector Ward Chansey

Mensagens : 3
Habilidade : Nenhuma
Vassoura : Nenhuma
Barra de Conduta :
10 / 1010 / 10

avatar

MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   30/4/2016, 23:53



FESTA

 Roubando doces
Tudo estava uma bagunça, o barulho começou logo cedo e meus olhos não desejavam se abrir tão facilmente, então rolo para o lado de minha cama, e cubro a cabeça com o travesseiro tentando abafar o barulho, sem exito me levanto e vejo que Liaro já não estava mais ali, devia estar comendo, salto da cama e rapidamente estou atravessando os corredores da casa ainda de pijama.

Tão rápido como o vento entro na cozinha e pulo na cadeira, a mesa estava pronta, devia ser devido a quantidade de pessoas na casa, assim que como olho para os lados e não vejo minha mamãe em canto algum. Um sorriso sapeca me aparece nos lábios então corro para fora a fim de ver a movimentação.

Horas e Horas brincando, mexendo nas coisas da ornamentação vejo minha irmã vir ao meu encontro, Kaleena logo para a minha frente e me avisa que a mamãe me procurava...  – Não quero ir, quero ficar brincando- Digo cruzando os braços, mas logo meu irmão mais velho surge atrás dela.. – De onde você saiu?-  Falo ele só pronuncia a palavra magica. Franzo o cenho e me viro para a loira ao meu lado  –Eu quero brincar mais um pouco- Digo fazendo carinha fofa, ao que ela apenas rola os olhos e pega minha mão, tinha algo nela que me fez a seguir até onde nossa mãe esperava.

Minha mãe me procurava para me dar banho, e me disse que meu primo Liaro já estava pronto, e assim que eu me arrumasse poderia ir brincar com ele. Sem delongas deixo ela me banhar e logo eu estava perfumado e com terno e gravata, saio correndo a procura de meu companheiro de crimes, mas assim que eu saio no jardim vejo a mesa de bombons que me chamava, de mansinho eu pego alguns doces e me escondo em baixo da mesa...


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário


Nome do Usuário:
Conteúdo patrocinado


MensagemAssunto: Re: Jardim da Mansão   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Jardim da Mansão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

 Tópicos similares

-
» Jardim da mansão Kuran
» Jardim da Mansão
» Assustador! - Episódio 1 "A Mansão Velha"
» • {Mansão} ▬ Descrição da Mansão
» Capítulo 3 - A Mansão do Inferno

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts :: 
Terrenos
-